PIMENTA: ELEIÇÃO SEM LULA NÃO SERÁ TOLERADA NEM PERMITIDA

Deputado Paulo Pimenta (PT-RS) critica duramente a “decisão política de um juiz partidário” contra o ex-presidente Lula e afirma que uma eleição sem o petista em 2018 “não será tolerada, nem permitida”; “Vamos às ruas, às praças e ao parlamento em defesa da democracia e do ex-presidente Lula”, disse; para ele, a sentença do juiz Sergio Moro proferida nesta quarta-feira 12 “entrará para a história do Brasil como uma das mais lamentáveis já produzidas”

Rio Grande do Sul 247 – Em transmissão ao vivo pelo Facebook, o deputado federal Paulo Pimenta (PT-RS) criticou duramente a condenação do juiz Sergio Moro contra o ex-presidente Lula nesta quarta-feira 12, a nove anos e meio de prisão pelos crimes de corrupção passiva e lavagem de dinheiro.

Foi uma “decisão política de um juiz partidário”, afirmou Pimenta. Segundo ele, uma eleição presidencial sem Lula em 2018 “não será tolerada, nem permitida”. “Vamos às ruas, às praças e ao parlamento em defesa da democracia e do ex-presidente Lula”, anunciou.

Para ele, a sentença do juiz Sergio Moro proferida nesta quarta-feira 12 “entrará para a história do Brasil como uma das mais lamentáveis já produzidas”. “Ela afronta o estado democrático de direito”, disse.

Pimenta lembrou ainda que, na condenação, não houve “nenhum argumento novo, mas a utilização de argumentos velhos e surrados”, além do uso de “depoimentos manipulados de delatores”.

Adicione um Comentário

Your email address will not be published. Required fields are marked *

*